domingo, 25 de janeiro de 2009

Relações entre o Brasil e o Suriname

O Suriname é o vizinho do Brasil que não está ligado ao nosso país por estrada. Atualmente, existem apenas dois vôos entre a capital do Suriname, Paramaribo, e cidades brasileiras.

No nível governamental, existem alguns acordos de cooperação nas áreas de educação e agricultura, as relações bilaterais são pequenas.

O Suriname tem sido um destino atraente para brasileiros do Norte e do Nordeste, devido à riqueza dos garimpos de ouro. Cerca de 50 mil brasileiros vivem no país.

Muitos vivem isolados dentro dos bairros brasileiros nas principais cidades, já que poucos aprendem o holandês, a língua oficial do país.

O olhar do povo
No Suriname, as pessoas nas ruas têm muito pouco a falar sobre o Brasil. Existe uma grande admiração pelo futebol brasileiro. Durante a Copa do Mundo, o Brasil é o primeiro time da grande maioria dos surinamenses, mesmo com alguns ídolos locais jogando pela Holanda.

Talvez se os brasileiros pudessem ser mais abertos em sua cultura, isso daria às pessoas do Suriname uma idéia maior sobre o país

O futebol é um dos poucos assuntos em comum. Em geral, os surinamenses sabem pouco sobre os brasileiros. A comunidade de brasileiros que vive no país - cerca de 50 mil, segundo estimativas oficiais - não transcende a barreira da língua oficial, o holandês.

O povo do Suriname olha para Europa e EUA. Nós não sabemos que no nosso quintal há um gigante acordado

Com pouco destaque para assuntos brasileiros no país, os surinamenses têm bastante curiosidade para saber o que acontece no Brasil e como vivem os brasileiros.

As relações econômicas

Números
• População: 450 mil
• PIB: US$ 3,1 bilhões
• Quanto o Brasil exporta para o país: US$ 36 milhões
• Quanto o Brasil importa do país: US$ 19 milhões
• Saldo comercial com Brasil: US$ -17 milhões

Como a Guiana, o Suriname também está muito isolado do Brasil e da América do Sul economicamente. O país faz parte da Comunidade Caribenha de Nações, onde estão os seus principais parceiros econômicos.

Tanto em exportações e importações, o Suriname representa menos de 1% da balança comercial brasileira na América do Sul. Além do Caribe, o país possui fortes laços econômicos com a ex-metrópole Holanda, com os Estados Unidos e com a Europa.

O Suriname tem a menor população da América do Sul, mas as pessoas são mais ricas do que na Guiana. A base da economia do Suriname é a exportação de minérios.
BBC BRASIL

3 comentários:

Maria disse...

O seu blog é muito interessante sob o ponto de vista formativo e informativo na sua área.
Voltarei, com certeza.
Obrigada pela sua visita

Boa semana

Katiuska disse...

Também gostei do seu blog. Deveras informativo e apelativo. Até breve...

Unknown disse...

legal gostei das especificão. valei agora posso viaja susegado suriname mim aguarda. daqui uns dia to purai

Geografia e a Arte

Geografia e a Arte
Currais Novos