segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

Entenda o que são os paralelos e meridianos



Viaje pelas linhas do planeta:
Saiba onde ficam os paralelos e meridianos da Terra e para que servem!


Maria Carolina Cristianini • Foto: divulgação

Já reparou como os continentes são cortados por linhas verticais e horizontais? São os paralelos e meridianos, criados para localizar pontos pelo mundo. Siga o mapa abaixo!

Bem no meio!

O paralelo principal é a linha do Equador, que divide a Terra entre os Hemisférios Norte e Sul. Ela é o ponto inicial para medir a latitude (distância em graus de qualquer local do mundo em relação à linha).

Trópico o quê?

Quando o verão se inicia no sul, os raios solares batem sobre o Trópico de Capricórnio. Nesse momento, a constelação (grupo de estrelas) de Capricórnio está na direção do Sol.

Quando o verão começa no norte, o Sol incide sobre o Trópico de Câncer e a constelação de Câncer está na direção do Sol. Daí os nomes desses paralelos!

Noite e dia

Por causa da inclinação da Terra, em algumas áreas dos Polos Norte e Sul, o Sol não se põe quando é verão. E, no inverno, há lugares onde não amanhece. Os paralelos chamados Círculos Polares Antártico e Ártico marcam o limite de onde ocorre ao menos um período de 24 horas com Sol (no verão) e um dia inteiro no escuro (no inverno).

Dois lados do mundo

Na vertical, a linha que divide os Hemisférios Leste e Oeste é o Meridiano de Greenwich. A distância entre ele e qualquer lugar do mundo, medida em graus, chama-se longitude.

Sem atrasos

Além de indicar a longitude, o Meridiano de Greenwich define o horário mundial. Ele foi estabelecido como ponto de referência em 1884, quando a Terra passou a ser dividida em 24 fusos horários (cada fuso adiciona ou diminui uma hora em relação a Greenwich). Antes, os relógios eram acertados pela observação do Sol. E rolava a maior confusão!
Você sabia que o nome do Meridiano de Greenwich vem do fato de ele passar pelo Observatório Astronômico Real britânico, na cidade de Greenwich, perto de Londres?

Vire à direita

O cruzamento entre um paralelo e um meridiano indica a coordenada geográfica (latitude e longitude) de um ponto na Terra. Com esses dados (fornecidos por satélites), os aparelhos de GPS encontram onde você está e o levam ao destino!

Os paralelos também indicam o clima:
Equatorial: perto do Equador, com média de 25 graus Celsius e chuva por quase o ano todo
Tropical: rola nas áreas dos trópicos, onde os termômetros, em média, passam de 20 graus Celsius e há períodos de seca no inverno
Temperado: entre os trópicos e os polos, tem inverno com temperaturas negativas
Polar: perto dos polos, onde as médias de temperatura ficam abaixo de zero grau Celsius

Números dos paralelos:
40 mil quilômetros É a extensão da linha do Equador! Ela atravessa 14 países e, no Brasil, corta o Amazonas, Roraima e o Amapá
11 países São cortados pelo Trópico de Capricórnio, entre eles o Brasil, onde a linha passa por Mato Grosso do Sul, Paraná e São Paulo
17 países São atravessados pelo Trópico de Câncer, como México, Egito e Arábia Saudita
Menos 3 horas É o horário oficial de Brasília em relação a Greenwich. Ou seja, se por aqui são 10h, lá são 13h

Consultoria: Ailton Luchiari (professor do Departamento de Geografia da USP), Claudio Egler (professor do Departamento de Geografia da UFRJ) e Maria das Graças de Lima (professora da UEM). Fonte: Almanaque Abril 2013.
entenda o que são os paralelos e meridianos
Revista Recreio

Nenhum comentário:

Geografia e a Arte

Geografia e a Arte
Currais Novos